Caim ou a Divina Cegueira (2022)

Em Caim, Saramago narra com ironia e sarcasmo uma versão crítica dos episódios do Antigo Testamento. Caim, o primeiro dos assassinos, deriva solitário pelo tempo e pelos povos, questionando o dogma religioso que tudo justifica, e confrontando directamente o Deus bíblico ancestral, negligente e impiedoso. Em ambos se assomam as imperfeições da natureza humana.

Levamos agora esta fábula ao palco pela primeira vez em Portugal. Entregámo-nos a horas de debate sobre o livro, o autor, a política, a religião e a fé, que se estenderam às ponderações inadiáveis sobre o cartaz, a sinopse, o cenário, os figurinos, a música e a interpretação. Por que é Caim uma obra tão revolucionária hoje? O que pode a cena acrescentar às palavras de Saramago? Como pode o humor ser a coisa mais séria do mundo?

Tal como no confronto entre Deus e Caim, a única coisa que sabemos é que continuamos a discutir, e que a discutir estaremos ainda… até ao fim dos tempos.

Próximas Apresentações

Teatro Lethes, Faro
26 Novembro 2022 / 21h
10€ – bilheteira online

Fórum da Maia
Janeiro 2023
(mais informação em breve)

“Caim ou a Divina Cegueira” (2022) “Caim ou a Divina Cegueira” (2022) “Caim ou a Divina Cegueira” (2022) “Caim ou a Divina Cegueira” (2022) “Caim ou a Divina Cegueira” (2022) “Caim ou a Divina Cegueira” (2022) “Caim ou a Divina Cegueira” (2022) “Caim ou a Divina Cegueira” (2022)
<
>
Fotografias por Helena Tomás

Estreia

Fórum Municipal Luísa Todi, Setúbal
11–20 Novembro 2022
Terça a sábado às 21h, domingos às 16h.
Sessão para escolas dia 14 às 15h.

Ficha técnica e artística

Texto: A partir de Caim de José Saramago
Dramaturgia: Armando Nascimento Rosa e José Maria Dias
Encenação: José Maria Dias
Assistência de encenação: Rosa Dias
Co-criação e Interpretação: Clara Passarinho, Fábio Nóbrega Vaz, Graziela Dias, João Mota, Patrícia Paixão, Sara Túbio Costa, Tiago Bôto e Wagner Borges
Cenografia: José Manuel Castanheira
Desenho de luz: José Maria Dias e Rosa Dias
Música: Jorge Salgueiro
Apoio ao movimento: Iolanda Rodrigues
Figurinos: Maria Luiz
Sonoplastia: Emídio Buchinho
Fotografia: Helena Tomás
Vídeo integral, teaser e trailer: Bere Cruz, Sandro Pereira e Inês Monteiro Pires
Música do teaser: Sandro Pereira
Design de comunicação e produção executiva: Tomás Anjos Barão
Arranjos e manutenção de guarda-roupa: Gertrudes Félix

Agradecimentos: Elsa Mouzinho, FISIC – Centro de Medicina Física Doutor Rui de Moura e Gertrudes Félix.

82ª Produção do Teatro Estúdio Fontenova, uma estrutura financiada pela República Portuguesa – Ministério da Cultura / Direção-Geral das Artes e pelo Município de Setúbal, e associada da PerformArt e d’A Descampado.

Classificação: M/16
Duração aproximada: 100min