XVII Festa do Teatro (2015)


Design Gráfico Fernando Carvalho
Design Gráfico Fernando Carvalho

Este é um ano especial para o Festival Internacional de Teatro de Setúbal, na sua 17ª Edição. Número nada redondo, mas, são já 20 os anos de existência, persistência e crescimento. A sua primeira edição foi a forma que o Teatro Estúdio Fontenova encontrou para assinalar os seus dez anos de actividade regular. São pois, 30 os anos que o Teatro Estúdio Fontenova celebra com amor e dedicação a uma arte em que vemos vida e paixão, noites mal dormidas, mas sorrisos nos lábios, discussões vivas, nossas e do público. Tudo isto nos orgulha, e esperemos que orgulhe também a cidade e o Município.

O Festival mantém a sua aposta numa programação eclética de estéticas e geografias dando primazia à excelência artística. Ouvimos a comunidade, que acreditamos também ser parceira indissociável e criámos novas pontes, abrindo outras portas em locais que também agora acolhem a nossa Festa. As redes são, também elas, artísticas, tornando-se o Festival um veículo de criação, experimentação e transdisciplinaridade. O acolhimento é de todos, artistas, público, instituições e entidades várias, que comprovam a capacitação da arte.

Seguindo as experiências positivas de anos anteriores manter-se-á a abordagem a temas da actualidade, este ano com particular atenção à promoção do respeito, protecção e realização de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais dos afrodescendentes como reconhecidos na Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Manter-se-á a SECÇÃO “MAIS FESTA”, que abre a possibilidade a jovens e estruturas emergentes mostrar as suas criações, usufruindo da logística e promoção do Festival. Nesta edição ocorrerá uma extensão territorial em Sesimbra, com o acolhimento de um espectáculo nacional e outro internacional.

O Festival Internacional de Teatro de Setúbal – XVII Festa do Teatro é, actualmente, um dos festivais do género de prestígio a nível nacional, começando também a ser reconhecido internacionalmente. Setúbal já é reconhecida, também, pelo seu Festival de Teatro.

Não esquecemos que este caminho se faz em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal, só assim conseguimos a regularidade e crescimento alcançados. São trinta anos de uma actividade ininterrupta que se traduz em visibilidade, parcerias, resiliência e entrega.

Lamentamos apenas que o Secretário de Estado da Cultura não reconheça este nosso projecto em Setúbal.
Este festival tem crescido com um enorme êxito e reconhecimento por parte das companhias de teatro, público e da comunicação social.

Recebemos ontem a triste nova de não ver, este ano, a sua candidatura, aos apoios, aprovada. No ano passado o Festival teve esse apoio e foi, sem dúvida, um grande incremento para ao seu crescimento. Este ano ceifaram aquilo que ajudaram a crescer.

Procurámos manter e até reforçar, a qualidade do festival deste ano e, por isso, arriscámos na programação e numa extensão temporal prevista para Novembro, que contaria com o lançamento de um concurso de novos textos dramáticos, “Cenas Escritas”.

Não sabemos agora como iremos fazer face ao investimento e a este “não apoio”. Está em causa a continuidade deste Festival, e também dos novos projectos já referidos.
E para o ano, que festival teremos?
Será que não poderá existir um grande festival de teatro em Setúbal?

20 anos de Festival, 30 anos de Teatro Estúdio Fontenova com dedicação, profissionalismo, amor à Arte e ao Teatro e um sentido de solidariedade e partilha.

Só podemos sentir revolta por tudo aquilo que não conseguimos realizar.
Acreditamos que esta situação pertence também a Setúbal e à comunidade, e como tal, que a defesa do direito à arte, à cultura, à capacitação individual e colectiva e à descentralização é algo que a todos nos diz respeito. Pedimos, assim, a quem nos tem acompanhado no nosso percurso e a quem nos tem acarinhado ao longo deste caminho que nos apoie agora também.
Assim sendo, estará um abaixo-assinado a circular durante todo o Festival, que reivindica a sustentabilidade do mesmo, o qual irá ser entregue ao Secretário de Estado da Cultura, Sr. Jorge Barreto Xavier.

Na intenção de intervir na construção de um Mundo melhor,

de 20 de Agosto a 5 de Setembro,
a Festa continua a Fazer-se!

O Teatro Estúdio Fontenova



Armazém 33 - Fotografia Eva Pereira No Limite da Dor, Lendias D'Encantar Circus Vagabunt - Fotografia Leonardo Silva Assimetria dos Pensamentos, Tânia Alexandre, Fotografia Leonardo Silva Público Moniztico, Café das Artes Pátio Dimas Kalafae 4 Estações, Vinicius Piedade, Foografia Eva Pereira 4 Estações, Vinicius Piedade, Foografia Eva Pereira 4 Estações, Vinicius Piedade, Foografia Eva Pereira Misterman, Elmano Sancho - Produção Artistas Unidos e Culturproject, Foografia Leonardo Silva Misterman, Elmano Sancho - Produção Artistas Unidos e Culturproject, Foografia Leonardo Silva Misterman, Elmano Sancho - Produção Artistas Unidos e Culturproject, Foografia Leonardo Silva Público - Escola Sec. Seb. da Gama Frágil - Produção Artistas Unidos, Foografia Leonardo Silva A Velha Ampulheta - Produção Passos e Compassos, Fotografia Leonardo Silva A Velha Ampulheta - Produção Passos e Compassos, Fotografia Leonardo Silva José Pereira, Fotografia Leonardo Silva José Pereira, Fotografia Leonardo Silva José Pereira, Fotografia Leonardo Silva José Pereira, Fotografia Leonardo Silva Sub, el Mundo de los Ocultos, Lapso Producciones, Fotografia Leonardo Silva Sub, el Mundo de los Ocultos, Lapso Producciones, Fotografia Leonardo Silva Não Corpo - Fotografia Eva Pereira Não Corpo - Fotografia Eva Pereira Não Corpo - Fotografia Eva Pereira Entrevista de Emprego - Fotografia Leonardo Silva Entrevista de Emprego - Fotografia Leonardo Silva Entrevista de Emprego - Fotografia Leonardo Silva Madre Coraje - Fotografia Eva Pereira
<
>
Misterman, Elmano Sancho - Produção Artistas Unidos e Culturproject, Foografia Leonardo Silva