X Festa do Teatro (2008)

X Festa do Teatro
X Festa do Teatro

É com grande alegria e satisfação que chegámos à X Festa do Teatro.

Cada vez mais se afirma como um momento cultural de relevo na cidade de Setúbal, continuando a proporcionar ao público autóctone e aos visitantes momentos de verdadeiro divertimento, de enriquecimento e de crescimento intelectual, no qual o teatro assume o papel de dinamizador de redes de difusão, permitindo a interligação de experiências e a movimentação de espectáculos de carácter profissional.

Do teatro, música, curtas metragens, aos espectáculos de sala e de rua, formas artísticas emergentes e de natureza pluridisciplinar, a Festa continua a ser um interlocutor entre os artistas e a comunidade, potenciando hábitos de fruição cultural, continuando a apostar na formação de públicos e no desenvolvimento da sua capacidade crítica.

Um dos objectivos da X Festa do Teatro é manter uma programação eclética e diversificada, privilegiando o nacional sem descurar a participação estrangeira. Em relação a esta última gostaríamos de uma presença mais evidenciada.

Não compreendemos porque é que sistematicamente vemos a nossa candidatura a não ser apoiada pelo M.C., o que nos permitiria esse crescimento a nível internacional pese, embora, um estudo realizado pelo mesmo apontando Setúbal com um défice cultural.

É com enorme prazer que podemos anunciar que a Festa do Teatro é uma realidade incontornável no panorama cultural da cidade de Setúbal. A sua afirmação, como o festival de teatro da cidade, é já assumida por muitas entidades com responsabilidades culturais e sociais.
Pela primeira vez, uma empresa industrial (Lisnave) com sede no concelho de Setúbal, associa-se com o seu apoio financeiro, bem como a sedimentação de uma colaboração preciosa com a Escola Secundária Sebastião da Gama. Realçamos a Câmara Municipal como principal patrocinadora, com a parceria que estabeleceu com o Teatro Estúdio Fontenova na organização do Festival.
Dez edições, duas mãos cheias de sonhos e de realizações, sempre pautadas de inconformismo e de inquietação, trouxeram-nos muitas alegrias, algumas tempestades, mas também, nos deram a força e resistência necessárias para o continuar e fortalecer os Sonhos, num profundo respeito e numa profunda comunhão, entre os fazedores de teatro e o público.

As artes como meios essenciais de nos lermos a nós próprios para rescrevermos colectivamente e sem reproduzirmos, inconscientemente, as histórias e as relações autoritárias que nos formaram, para humanizar e democratizar os nossos quartos, as cozinhas, as salas de aula, os espaços de trabalho e lazer, as comunidades e o futuro.

De 23 de Agosto a 6 de Setembro,
A Festa Faz-se!


PROGRAMA

AGOSTO

23 > 22h > Parque do Bonfim > Escola de Mulheres – Teatro ao Largo

24 > 22h > Largo Do Sapalinho > As Pequenas Cerimónias – Fiar – Centro de Artes de Rua de Palmela

25 e 26 > 22h > Academia Problemática e Obscura (R. Deputado Henrique Cardoso) > Ciclo Ilustrado – A Problemática do Teatro nos Sec.XVII e XVIII

27 > 22h > Clube Setubalense > Mostra de Curtas Metragens

28 > 22h > Teatro de Bolso > No Parapeito da Ponte – TAS – Teatro Animação de Setúbal

29 > 22h > Largo Do Sapalinho > Musiclown El Espectáculo – Cuarteto Maravilla Espanha

30 > 22h > Teatro de Bolso > Os Dias arrastam-se e as Noites Também – Teatro dos Aloés

31 > 22h > Parque do Bonfim > Catavento – Teatro das Beiras

SETEMBRO

01 e 02 > 22h > Academia Problemática e Obscura (R. Deputado Henrique Cardoso) > Ciclo Ilustrado – A Problemática do Teatro nos Sec.XVII e XVIII

03 > 22h > Escola Sebastião da Gama > A Noite Antes da Floresta – Teatro Estúdio Fontenova (estreia)

04 > 22h > Escola Sebastião da Gama > A Noite Antes da Floresta – Teatro Estúdio Fontenova

05 > 22h > Escola Sebastião da Gama > Grão de Bico – Teatro O bando

06 > 22h > Anfiteatro da Escola Sebastião da Gama > A Verdadeira História da Tomada do Carvalhal – ESTE – Estação Teatral da Beira Interior


Discurso da Presidente na Abertura da X Festa, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Inauguração da Exposição de Fotografia "IX Festa Revisitada" e Primeira Sessão do Ciclo Ilustrado "A Problemática do Teatro nos Sec. XVII e XVIII", Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Inauguração da Exposição de Fotografia "IX Festa Revisitada" e Primeira Sessão do Ciclo Ilustrado "A Problemática do Teatro nos Sec. XVII e XVIII", Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal FIAR - "As pequenas cerimónias"
Escola de Mulheres Musiclown El Espectáculo – Cuarteto Maravilla, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Musiclown El Espectáculo – Cuarteto Maravilla, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Musiclown El Espectáculo – Cuarteto Maravilla, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Musiclown El Espectáculo – Cuarteto Maravilla, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Musiclown El Espectáculo – Cuarteto Maravilla, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Catavento, Teatro das Beiras, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Catavento, Teatro das Beiras, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Grão de Bico - O Bando, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Grão de Bico - O Bando, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Grão de Bico - O Bando, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal A Verdadeira História da Tomada do Carvalhal - ESTE, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal A Verdadeira História da Tomada do Carvalhal - ESTE, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal A Verdadeira História da Tomada do Carvalhal - ESTE, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Graziela Dias num discurso de agradecimento a todos os colaboradores da X Festa do Teatro, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal Graziela Dias num discurso de agradecimento a todos os colaboradores da X Festa do Teatro, Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal
<
>
Inauguração da Exposição de Fotografia "IX Festa Revisitada" e Primeira Sessão do Ciclo Ilustrado "A Problemática do Teatro nos Sec. XVII e XVIII", Fotografia de Clube de Fotografia de Setúbal