559490_10151113336972678_745321306_n

O Cerco de Leninegrado (2012)

Fotos 


Este espectáculo é uma criação baseada no olhar, na acção e nas memórias de duas mulheres que vivem encerradas num velho teatro, lutando e nunca se rendendo, contra a sua demolição anunciada. “Teatro” como metáfora para tudo o que se desmorona e que tem o fim anunciado por imposições tecnocratas e economicistas.



Encenação

“Na intencionalidade da envolvência da partilha e da aproximação de todos nós aos tempos perigosos e difíceis que atravessamos, em que se desmorona o estado social e tentam apagar as memórias e desfazer os sonhos e as utopias, o Teatro Estúdio Fontenova apelou à comunidade em geral a participar no processo criativo de um espectáculo. Essa participação consistiu na angariação e cedência de um objecto (ele mesmo memória ou símbolo de uma memória), que foi o ponto de partida para o ambiente cénico do espectáculo.

Será uma criação baseada nas memórias de todos nós, através do olhar destas mulheres face às injustiças, não permitindo que derrubem os nossos sonhos, utopias e as nossas memórias. Explorando em cena abordagens criativas, reveladoras e poéticas.” José Maria Dias


Ficha Artística e Técnica 

Texto: José Sanches Sinisterra | Encenação, Dramaturgia e Desenho de Luz: José Maria Dias | Interpretação: Graziela Dias e Sara Costa | Banda Sonora: Hugo Moreira | Design Gráfico: Maria Ramos | Fotografia: Pedro Soares | Direcção de Produção: Graziela Dias | Montagem e Assistência Técnica: Júlio Mendão