Oficinas de Teatro

Teatro

:: Oficina de Teatro (com apresentação final)
Dia a definir das 19h30 às 21h30
*A frequência dos ensaios aumentará à medida que a apresentação final se aproximar

A partir dos 14 anos idade

Inscrição: 5€  | Mensalidade: 40€

Objectivos:

A Oficina de Teatro tem como objectivo criar e aprofundar a relação do teatro com a cidade de Setúbal e a sua comunidade. Através dos princípios fundamentais da arte teatral, como a corporalidade e a confiança, pretende-se munir os formandos de ferramentas, por um lado, indispensáveis para quem pretende seguir uma carreira artística e, por outro, extremamente úteis de um ponto de vista social, e cívico. O teatro como prática de grupo por excelência é, desta forma, agente promotor de boas práticas, dinâmicas e competências que podem ser transpostas para o dia a dia, ao nível da disciplina, organização e respeito mútuo. Para além disso é ainda motor de uma maior consciência pessoal e corporal, actuando como agente de enriquecimento individual.

Numa primeira fase a Oficina de teatro proporcionará aos participantes fundamentos de iniciação teatral, consciência de grupo e códigos artísticos através de jogos de grupo, confiança e dramáticos.

Numa segunda fase aos participantes será dada a oportunidade de pôr em prática e desenvolver o que foi apreendido até então, através da escolha e montagem de uma peça de teatro. Nesta fase poderão experienciar todo o processo de montagem de um espectáculo nas suas diversas vertentes.

Material: 

Necessita roupas confortáveis.

Todos os materiais necessários para as oficinas serão fornecidos pelo Teatro Estúdio Fontenova.


Oficinas Passadas:

Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Se isto fosse uma ópera seria de 3 cêntimos, Fotografia Ângelo Fernandes, 2005 Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Oficina 2013/2014 - Fotografia Leonardo Silva
Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot" Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
Fotografia: Miguel Pereira Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot
<
>
Apresentação da Oficina 2015/16 - A partir de "À Espera de Godot Fotografia: Miguel Pereira



Formador | Eduardo Dias
Fotografia Leonardo Silva
Fotografia Leonardo Silva

Pós-Graduado em Artes Performativas, ramo Escritas de Cena e Bacharelato em Teatro – Opção Formação de Actores ambas pela Escola Superior de Teatro e Cinema. Interpretou entre outras as seguintes peças: Escola da Noite “Na Estrada Real” de Anton Tchékhov com encenação de António Augusto Barros (2007); Teatro Mundial Escolinha de Música uma produção da Média Capital com encenação de Almeno Gonçalves (2006); no Teatro da Trindade (2003) “Viriato” de Freitas do Amaral com encenação de Fraga; no Teatro O Bando (2001 e 2002) “Pino do Verão” a partir de textos de Eugénio de Andrade com encenação de João Brites; no Teatro Estúdio Fontenova “Oroboro” autor, encenador interprete (2009); “A Noite Antes da Floresta” de Bernard-Marie Koltés (2008,2013,2014);“O Crime do século XXI” (2006) “Os IEmigrantes” (2005); “Audição – com Daisy ao vivo no Odre Marítimo (2004); “Gil Vicente a Retalho” a partir de textos de Gil Vicente (2003); “As Mãos de Abraão Zacut” de Luís de Sttau Monteiro (2002) “O Pelicano” De August Strindberg (2001); “O Auto da Justiça” de Francisco Ventura (2000);”Restos” de Bernardo Santareno (2000), com encenações de José Maria Dias.

Actor no Teatro Estúdio Fontenova desde 2000 e formador desde 2006.
Desde 2004 que faz parte da equipa de produção do Festival.